Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

S O L I D ├ O

Teu olhar
de uma delicadeza luminosa
tange-me os sentimentos
pela vasta candura.


Na beira-serra
onde os verdes
são mais verdes,
os pássaros gorgeiam
neste sol
esplendoroso e disperso.
Enraiza-se em mim
uma liberdade sem igual.


Inerte diante tua imagem
meus segredos gritam;
ao longe .....
Por suspeitar
dos verdes-sombrios
que ora dominam
minha doce primavera.


Debulhado ....
Num pranto só
acaricio-lhe os pés
em desejos de amor,
neste pique de beira-serra;
me encontro
neste instante
em desolada solidão.


Feito pirata
pelos mares afora
faço leito desta hora,
por ser caminheiro,
romeiro.


Discurso com poeira,
borrrasca,
que me arrasta, ataca,
canto estrada pela volta
da amada, na crista revolta.


No ar,
transpasso
nuvens por todo passo,
enfrento relâmpagos
assustadores, pelos pagos.


Pra que tudo de bom
sirva pra ti amor;
tenhas piedade desta dor
gostaria contudo,
fosses minha - em tudo -.


Neste agora
peço-te: venhais a parecer
pra mim, todo teu ser,
por ti tremereis
e tenho certeza ! Não pequeis.




Do Manuscrito: Segredos por uma rosa.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 15/10/2007
Cˇdigo do texto: T695126
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (121602 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 23/08/17 16:38)
tabayara sol e sul