Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"M U S O"

MUSO

Vinde florão da minha terra,
Cor trigueira, castanhos olhos,
Tempestade de minha alma,
Homem, linhagem brasileira!

Venha paixão, meu cavalheiro a ti todos os
Títulos de nobreza e o nomeio
Poeta da floresta, manhã de sol,
Fogo, chama que me envolve e
Incendeia até o arrebol.

Vinde, sou tua plebéia, essência
Feminina, vestida de estrela,
Escrava branca de teus afagos
E beijos.
Cravo e canela, homem, meu desejo.

Vinde, para ti vão todos os meus
Versos, sinfonia de pássaros,
Todas as rosas e jasmins e o vôo
Sutil desta borboleta que vive em mim.

Vinde te venero e tanto espero.
 Em meu coração um grande amor
 Sincero pulsa por ti, amor moreno,
Que nem mesmo a distância e esta vida
Tão ligeira separa porque afastar-me
De ti não quero!

Vinde meu “muso”, romântico e altaneiro,
Ser desta poetisa o sabor, o cheiro,
O poema, a obra prima a ser escrita quando
Meu corpo faceiro
Absorver o teu por inteiro!



Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 15/10/2007
Código do texto: T695181
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 60 anos
508 textos (17503 leituras)
7 áudios (413 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:41)
Tânia Mara Camargo