Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nascemos ao tempo

Nascemos ao tempo
Que não pára, para nos saudar.
E a natureza nos acolhe
Selvagem ao primeiro despertar.

O crepitar da vida aos olhos dos anjos
Que afagam a alma desolada
Seus erros sobrepõem-se ao seu rastro
E escondem a breve caminhada.

E as cicatrizes,
Única prova que temos de que sentimos dor
Fecham-se, e rompem uma fenda no passado.

Passado que passa a cada instante
E abre alas a um presente perpétuo
A prisão dos que não passam no tempo.
Breno Madi
Enviado por Breno Madi em 15/10/2007
Reeditado em 12/05/2014
Código do texto: T695547
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Breno Madi
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
48 textos (1831 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 08:42)
Breno Madi