Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto

Jamais cantarei em versos,
O amor que tive e perdi.
Porque jamais conseguirei,
Ter o amor que senti.

A esperança morre com o amor.
A vida passa e não a vemos.
O amor se foi e nós cremos
Que jamais sentiremos outra dor.

Tudo passa, mas o desejo fica,
De relatar às gerações, os sentimentos.
Mas não posso falar do meu amor,

Porque está cheio de tormentos,
Reais ou não, possíveis ou não.
Apenas o retrato da solidão.
Mara Alanis
Enviado por Mara Alanis em 10/11/2005
Reeditado em 12/11/2005
Código do texto: T69562
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mara Alanis
Guarulhos - São Paulo - Brasil
16 textos (1050 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:09)
Mara Alanis