Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

olhos do amor

Um dia, na maior felicidade
sai de casa com vontade
de ver tudo diferente,
eu me sentia tão bem.
Além das coisas normais
deveria existir algo mais,
algo que me tocasse de verdade.
Que provocasse uma nova emoção,
que brilha-se sem ter brilho,
que encantasse sem fazer estardalhaço.
Algo que fosse simples, amigo, fraterno,
mas ao mesmo tempo puro,
perfeito e moderno pra minha concepção.
Quando me dei conta, era assim
que eu estava vendo todas as pessoas
e todas as coisas.
Mas como, se tudo ainda era igual?
Será que dentro de mim algo havia mudado,
será que eu estava sonhando acordado.
Ai percebi uma pequena flor
que eu nunca tinha visto antes,
em breves instantes ela me disse:
Que eu via tudo diferente hoje
porque eu estava vendo a vida
pela primeira vez,
com os olhos do amor . . .
Homenino Poeta
homenino poeta
Enviado por homenino poeta em 15/10/2007
Reeditado em 16/10/2007
Código do texto: T695896

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (homenino poeta http://www.homeninopoeta.prosaeverso.net/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
homenino poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
2153 textos (102527 leituras)
69 áudios (15242 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 18:58)
homenino poeta