Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto






Dividiu-se em duas
numa existência precária...
sem alicerce nem base.

O amor é isso,
início de frase
sem ponto final no caminho...
Não tem medida
o espaço é livre
um longo abraço, sensação de ninho...

Algo entre o depois
e o agora.
Palavra por palavra e passa-se um século,
no interior de cada demora.

Existir, às vezes dói,
e a encruzilhada separa a estrada...
A história se paralisa,
divide-se em duas.
e é delicadamente atravessada.

(E seguimos amando sozinhos...
cada um seu qual
absolutamente natural.)

12/05/2011








TRANSPARêNCIA
Enviado por TRANSPARêNCIA em 17/10/2007
Reeditado em 17/05/2011
Código do texto: T697661

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Suavidade). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
TRANSPARêNCIA
Campinas - São Paulo - Brasil
732 textos (39468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 01:59)
TRANSPARêNCIA