Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU AINDA VI

Eu cheguei a ver os riachos de águas claras e mansas,
E avistei pelas distâncias os prados nessas minhas andanças.

Eu cheguei a contemplar os horizontes coloridos pelo ocaso,
E respirei ares puros e saudáveis que hoje vêm com acentuado o atraso

Eu cheguei a abrir portas já cerradas por longo tempo,
E absorvi essas horas deliciosas que me tolheram o pensamento.

Eu cheguei a ver quedas d’águas naturais refletindo ao sol,
E a ouvir pássaros de infindáveis variedades no arrebol.

Eu cheguei a ver a foz formosa se estrangulando no cimento,
E por isso desejei ter comigo esse memorável momento.

Eu cheguei a ver a locomotiva e num de seus vagões me fiz passageiro,
Num tempo pueril e rápido que a memória registra, mas não guarda por inteiro.

Eu cheguei a ver a inocência e a pureza no sorriso de cada criança,
Que veio, imperioso, colocar no seio dos adultos um vago, mas forte, toque de esperança.

Eu cheguei a ver um botão se transformar numa bonita e majestosa flor,
E o colorido e o perfume, pintou e aromatizou meus dias de dor.

Eu cheguei a ver muita coisa que hoje continua escassa,
E vi os homens se debatendo para consolidarem sua raça.

1.981
JOSE LINS
Enviado por JOSE LINS em 17/10/2007
Reeditado em 29/10/2007
Código do texto: T698573
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
EU AINDA VI - JOSE LINS
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSE LINS
Lins - São Paulo - Brasil, 62 anos
499 textos (31866 leituras)
26 áudios (1988 audições)
4 e-livros (116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 07:19)
JOSE LINS