Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Certas Coisas

CERTAS COISAS...

(Hélio da Rosa Machado)


Certas coisas não têm forma definida,
Basta estar disposto a fazer...
Deixar levar-se pelo ato em si...
Talvez a melhor forma é fechar os olhos...
Sentir o escuro e dar-se nos pensamentos.
Viver o momento com vivacidade
Não se deixar trair pelo raciocínio lógico.
Cair em si enquanto sente.

Certas coisas não se fazem com hora marcada,
Basta estar presente...
Deixar arvorar-se pela sofreguidão...
Talvez seguir o rumo dos eflúvios do corpo.
Sentir o ar que respiramos além das narinas,
Respirando a falta de razão.
Marchando pelo turbilhão dos canais
Ressurgindo nas essências dos murmúrios.

Certas coisas não devem ser programadas,
Basta que queiramos vivê-las intensamente...
Deixando-se conduzir pelas batidas do coração.
Talvez o melhor remédio é ignorar a razão.
Partir com certeza do resultado.
Buscar as formas de alcançar a plenitude.
Viver aceleradamente o momento.

Certas coisas não são mensuradas friamente,
Basta que nos submetamos à sua realidade.
Deixando-se afastados dos tabus.
Segue-se a única lógica da parceria....
Sentindo o quanto é bom sentir.
Partindo para outros gestos de carinho.
Ressurgindo dos contornos inéditos recém descobertos.

Certas coisas não podem ser julgadas nem mensuradas,
Basta que tenhamos a regra do mútuo.
Deixando-se levar pela fantasia.

Machadinho
Enviado por Machadinho em 18/10/2007
Código do texto: T699329
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Machadinho
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
622 textos (200084 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 14:46)
Machadinho