Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRA CHUVA QUE PASSA

Estava imaginando ......
Se te encontrasse agora
podes avaliar - no mais brando
do teu íntimo
do teu pensar,
o que seria de mim,
de nós .....


Todo este mistério
invade nossas almas;
poderiamos ser livres
nem que fosse num único,
eterno e enérgico momento.
Ah como seria bom !


Te daria
todo choro
toda angustia
toda mágua,
existente nesta alma.
Te quero
não sei me portar
para tal.


Tenta escutar meu lamento
nesta jornada;
este peito
chora inconsolável
por não saber te amar.


Me engano
quando chega a aurora.
Vejo-te linda
sob o céu de setembro;
existe todo o amor em ti
cada palavra
cada gesto,
me deixa louco de pesar,
te fazer sofrer.


Fostes um dia
minha eleita,
entre nós - lenitivo -
pena que só
os que amam entendem,
sabem,
sentem,
ou mesmo compreendem.


Sou feliz por teus beijos
a cada lua,
sol que pairam no ar.
Quando me vês,
meu coração enlouquesce
nesta floresta orvalhada
por pingos e respingos
da chuva que cai,
do vento que sopra.


Ah ! Como o sol e a lua
são amigos ......
Custam a se encontarem,
pra que nossa felicidade
seja cada vez
maior,
muito mais grande.




Do Manuscrito: Pra uma rosa com amor.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 18/10/2007
Reeditado em 19/10/2007
Código do texto: T699394
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (121537 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 20:08)
tabayara sol e sul