Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Proibido amor"

Tantos corpos que dormem abraçados
com os pensamentos distantes;
Quantos são os que mentem ao amor presente
e guardam na saudade um outro amor ausente...

Quantas almas pousadas na mentira
aconchegam na cama a dor,
que faz descer em lagrimas o pranto
pelo proibido amor e seus encantos...

Quantos amores, sonhados, vivos, bem guardados,
presos em corações dentro de uma realidade,
que no silencio da noite desperta irisado
feito os olhos das crianças diante do arco Iris
imaginando no final ,um pote de tesouro imensurável,
se entregando assim, as vontades, desejos revelados pelo corpo suado

Quantas almas trazem um amor proibido
Escondido na face atrás de um sorriso
preso em uma lagrima de saudades
dos corpos  abraçados em desejos realizados

E não há quem segure um coração necessitado
quando esse se acende entre desejos , carências e vontades
Não há quem segure dois corações apaixonados,
Presos pela lealdade....
Yancka
Enviado por Yancka em 18/10/2007
Código do texto: T700179

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Yancka
Santos - São Paulo - Brasil, 53 anos
145 textos (22001 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 03:22)
Yancka