Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LENTAMENTE...

Lentamente apagam-se as lembranças,
E teu sorriso perde-se na claridade,
Nos novos caminhos que se abrem,
Nos novos olhares que circulam,
Poemas surgem agora inspirados,
No amor que novamente me rodeia,
Na atenção que me é oferecida,
Lentamente tudo se enche de vida,
E todos os nossos sonhos morrem,
Para dar lugar a outros mais bonitos,
E o imenso vazio que você deixou,
Lentamente vai se tornando.
Um ponto final no nosso amor.


22/10/2001
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 11/11/2005
Reeditado em 01/08/2016
Código do texto: T70177
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:20)
Sonia Ferraz

Site do Escritor