Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
DUPLICIDADE DAS ESTAÇÕES




Es o outono, eu sou a primavera!
Somos o eterno amanhecer
Sei que estavas a minha espera
Meu coração venho te oferecer.

Somos como dois amantes
Onde tanta paixão transborda
Seres vivos e saltitantes
Onde a esperança em tudo se transforma.

Cheios de poesias, romance e emoções.
Somos pessoas comuns então
Somos saudosos interpretes das ações
De um amor cheio de paixão.

De-me uma nuvem para descansar
Este corpo e também sonhar
O vento se encarregará
De até você me levar.

Cobrirás então o céu de estrelas
Somente para me ver passar
Não precisaras nem velas
Basta somente você me olhar.




ANGELICA ARANTES
Enviado por ANGELICA ARANTES em 20/10/2007
Código do texto: T702013
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANGELICA ARANTES
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
4373 textos (288985 leituras)
72 e-livros (3873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:08)
ANGELICA ARANTES