Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS ESTAÇÕES SE VÃO


Desabafo sem chorar
Choro sem pensar
E por instinto sinto sua falta.
Por natureza fico aqui
inerte..
Vendo o tempo passar 
Se arrastar sem parar 
E tudo por você.
Não penso nas conseqüências,
Já foram pensadas
Já foram passadas, vividas,
Descobertas e sentidas...
Dói ficar, assim, aqui...
Olho procéu, a nuvem não passa.
O azul assume outra cor.
A chuva molha por calor...
As estações se vão 
Lembro de você.
As estações se vão 
Lembro de você...

Aderruan De Marco
Enviado por Aderruan De Marco em 20/10/2007
Reeditado em 29/05/2008
Código do texto: T702027

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (POR FAVOR,SE FOR USAR ALGUM TEXTO ME AVISE E VOCÊ DEVE CITAR A AUTORIA DE ADERRUAN DE MARCO E O SITE www.aderruandemarco.com). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aderruan De Marco
Samambaia - Distrito Federal - Brasil
96 textos (16421 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 00:47)
Aderruan De Marco