Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEMBRAS ! ONTEM FOI DESTA MANEIRA

O sol não vai tardar
a se pôr.
Ouve-se um zumbido só
as pessoas indiferentes,
aos nossos corações
nesta cantata.
Nós, por aqui
clamamos por momentos
de carinho
de perfumes,
como agora.


Sonhavas ter-me nos braços,
escute  !
Lembrei-me agora
das rosas.
Houve um silêncio
em nós dois,
ficastes sentada
naquele banco
junto as flores
mais lindas do jardim.


Colocando-me diante de ti;
passado alguns minutos
aproveitei
pra estender a ti,
as mais lindas rosas
que o amor pode ofertar
pra amada.


Beijamo-nos singelamente
pra nossa felicidade,
logo após,
levaste-as ao peito
o que fez
rolar de meus olhos
lágrimas de felicidade,
diante de tal afeto,
de carinho,
de tamanho amor.
Amaste-as com o esplendor
do teu olhar e o sorriso
dos teus olhos e boca.
Isto foi pra mim - a contemplação -
o mito de todos os tempos.


Demo-nos as mãos
pra seguir o caminho,
de volta a casa.
Eu felicíssimo
por ter estado contigo
agora, neste dia.
Que felicidade a tua !
A minha  !
Meu peito e o teu
queimando por dentro
de alegria e amor.



Do Manuscrito: Pra uma rosa com amor.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 20/10/2007
Código do texto: T702684
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (122364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 05:40)
tabayara sol e sul