Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS MEUS OLHOS TE DESEJAM
Preciso de mim
nesse começo sem fim
de você na minha vida.
Tento esconder
a saudade que vem
de tempos vazios.
A ausência de alguém
deixa tudo tão frio, sem amor.
Morro várias vezes
sem alimentar minha alma,
nessa fria melancolia,
que se espalha sobre tudo que é meu.
Vem, por essa rua que eu conheço
pisando nas calçadas do meu bairro
o seu perfume, procurando
o endereço do meu morar.
Já me encontro a te esperar
nesse tão sofrido choro,
que não vê a hora de acabar.
Sou todas as coisas que você procura,
nossos males já tem cura,
nossos sonhos já são possíveis de sonhar.
Quando você me olha
e os meus olhos te desejam,
não existem mais segredos.
Existe só essa vontade
imensa de te amar . . .

Homenino Poeta
homenino poeta
Enviado por homenino poeta em 21/10/2007
Código do texto: T703198

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (homenino poeta http://www.homeninopoeta.prosaeverso.net/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
homenino poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
2153 textos (102533 leituras)
69 áudios (15242 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 08:04)
homenino poeta