Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALVORADA DO AMOR


No despontar da aurora,
Por trás das colinas escuras,
Beijo-te com verduras e sabor.

Como se juntasse os lábios,
Nas grandes margens de um rio,
Apertado dentre os vales do amor.

Sobressaem frescuras encantáveis,
Minúsculas gotículas do orvalho,
Desfazem-se ao chegar o amanhecer.

Imensidão louca no clarão do dia,
Atravessando os lençóis da afeição,
Nas primícias escaldadas na delícia.

Sorrindo e cantando, cheia de candura,
Exausta, está o teu primoroso perfil,
Por trás dum vestido na brancura.

Lindíssima mulher e gostosura,
Surgindo nos cristais da minha vida,
Nas cortinas esmeraldinas dos meus olhos.

Vou acariciar a tua bela imagem,
E descer na grande embarcação,
Até chegar ao porto do amor,
Ancorando o meu peito,
A meiguice dessa linda mulher.



ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 11/11/2005
Reeditado em 22/11/2012
Código do texto: T70370
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2055828 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:31)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor