Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto






Em véu dos teus versos nu,flutuas

Na entrega orgânica da prata pura

Na ânsia selvagem e bruta,da carne nua

 

No ardente desejo,libera dos teus lábios

Canções amorosas ao amor do Orfeu

Que em passos de estrelas,diminui a distancia

Para beijar os lábios teus.

 

Divide comigo tua tristeza, que choras

E deixa-me beijar longamente teu coração

Que aflora,em belos jardins lá fora.

 

Ao desvendar teu mistério,amo-te por momentos

Inteiros,mesmo que teus lábios venha devorar-me

Em loucas caricias, em gozos supremos.

 

Ao beber do teu vinho adormeço,abraçado

À noite, e me roubas os castos prazeres

 nos teus  deleites,seremos duas pessoas

Em uma,para amar uma só.

 

demetrioluzartes
Enviado por demetrioluzartes em 21/10/2007
Código do texto: T703850

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (demetrio luzart). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
demetrioluzartes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
978 textos (36481 leituras)
12 áudios (773 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:55)
demetrioluzartes