Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMINHOS

CAMINHOS


Nas veredas da vida meu destino foi traçado,
Percorri relvas verdes e caminhos alagados.
Ouvi sublimes melodias numa psicosfera monumental;
Dos pássaros anunciando algo novo, uma energia colossal.
Entre flores e espinhos tracei meu rumo sem desatino,
Lembrei-me dos tempos memoráveis de menino.
Uma angústia meio melancólica deixou-me extasiado.
Vista turva transforma meu écran num campo minado.
Belezas, carícias, alegrias fenecem meu  semblante,
Revivi dias fascinantes de uma infância deslumbrante.
Ao longe uma sinfonia torrente de águas brilhantes,
Faziam a beleza da ostentação beligerante e portentosa.
Insuflava o coração do forasteiro em caminhada generosa,
A busca do azimute que direcionasse o viés da felicidade.
No horizonte encoberto o sol por nuvens escuras amarelava,
No silêncio narcotizante a noite nascia ao som do luar.
As estrelas a brilhar  a cintilar meus pensamentos,
Num momento pensei, suado estava, mas sempre a sorrir,
A sinfonia, o tom, a penumbra preenchia a relva vazia.
O frio da noite silencia o caminho, sozinho me lançava,
A cata do destino, do caminho planejado refletiu no imaginário.
De um homem solitário ao ver as esperanças sucumbirem,
Esperando que um botão floresça que um o espinho desaponte.
Esfrega as mãos entende-as e vislumbra o horizonte sombrio.
No crepúsculo da madrugada a passarada volta a tilintar.
Vislumbro pessoas, crianças a cantarolar e meu coração a palpitar.
Estrada longa, relva clorofilada deixo-as para esculpir nova vida.
Anos devoram o tempo, esmaga sensibilidade, me sinto feliz na nova cidade.
Construirei nova vida, o destino é caminho que nos leva a felicidade.
Busco a todo instante, incessante, a diretriz altaneira e rediviva. Entre suores, perfumes, barulhos uma linda senhora me enche o coração.
O caminho percorrido, as energias perdidas fazem as pernas tremer, o coração arrefecer.
Olho a olho fita a linda criatura com ternura e um sorriso renasce em meu viver,
Extasiados, parados ficamos, nos fitamos, nos aproximamos e um fervoroso abraço fez o amor renascer.
Encontro feliz, vida nova, mulher amorosa, era o alvo certeiro e verdadeiro de meus caminhos.
Caminhos felizes, abençoados, renovados, no meu imaginário, transformam em verdade,
De mãos dadas voltamos ao tempo de criança, mas o amor forte rejuvenesce e resplandece o destino que persegui o amor, a felicidade, o prazer, a vontade de viveram eram meus caminhos!


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E DA ALOMERCE
 

 








Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 22/10/2007
Código do texto: T705368
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2228 textos (809061 leituras)
1 e-livros (164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:50)
Paivinhajornalista