Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Além das palavras

             


Com o sentimento de culpa
No sonho fiquei pelado
Afirmei então que estava sonhando
Porém leigo, não apenas pelado
Acordei melhor e feliz do ocorrido

No meu esforço para as palavras
Além das três videntes seminuas
Na defesa de suas calcinhas branca
Respeito ao primeiro sonho polêmico
Explico no único modo da adolescência

Quem é você para duvidar
Das palavras que vem do além
Pois bem, os pensadores das crenças
Na verdade de suas religiões espirituais
Nossa causa maior que o universo

Porém uma vez criado, sendo assim
Produz seus milagres da relatividade
Pode haver algo mais distante do velho
Da natureza e suas leis não creio
Forjou-se o mito da clareza da palavra

Além das palavras que sai da boca
Tem as palavras do coração de carne
Sem duvida era um pouco de charme
Vai entender como um sopro no meu ouvido
Quero observar seus lábios carnudos

É comum entre as mulheres do sertão
A seca castiga sua pele vermelha ao sol
Na grande região coberto de pedras
Confesso sentir um espanto por ser humano
Que seja dada além das palavras


Edilley Possente
Enviado por Edilley Possente em 23/10/2007
Código do texto: T706085
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edilley Possente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilley Possente
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
632 textos (25403 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:44)
Edilley Possente