Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outro amor

Já não me assustam teus olhos frios como punhais,
Nem tuas palavras como lâminas geladas.
Hoje tenho outro amor por escudo,
Com quem divido minhas madrugadas.

Tua lembrança já não me machuca,
Outrora um fardo de agonia,
Agora pálidas figuras que pertencem ao passado,
Nem sei se existiram um dia!

Quantas vezes me ouvistes soluçar?
Tu sabias do mar de mágoa que carreguei
Mas seguistes frio, sem piedade, enfim.
Como tu ignorastes a dor que vivia em mim!

Agora, tu invejas o amor que te devotei,
Pois em outros braços, em outras bocas,
Não encontrastes o manso descanso,
E nem os mágicos sabores que lhe proporcionei.
Mel L Frankust
Enviado por Mel L Frankust em 23/10/2007
Reeditado em 23/10/2007
Código do texto: T706255

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mel L Frankust
Goiânia - Goiás - Brasil
749 textos (34687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:32)
Mel L Frankust