Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Te quero

Ainda que seja só um vez
Que não seja duas, nem três...

Ainda que a tortura do tempo me consuma
Nas noites quentes e nas frias também e
No silencio da saudade,
Na solidão da cama, te desenho

No âmbar da noite, sobre o papel dos meus pensamentos
Jogo com o contraste, luz e sombra
Ponto sobre ponto,
buscando tuas nuances.

Teu desenho me fascina
Teu olhar me domina
Teu cheiro me impregna

Meu coração dispara
Minhas mãos buscam a tua tez
O som da tua voz preenche meu ser

No vazio do meu abraço
Percebo-me em devaneio
Desejo da tua presença

Ainda seja, só uma vez
Que não seja duas, nem três
Kintana
Enviado por Kintana em 23/10/2007
Código do texto: T706456

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kintana
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 54 anos
8 textos (459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:17)
Kintana