Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O louco

A lua escura, de medo, não brilha
Deixando sobre sobras a criança adormecida.
Que saudades da luz a iluminar o olhar da moça
O adeus da despedida, afogado no imensidão do silêncio

O frio do inverno avançou sobre a vida
Penetrando nas profundezas da solidão humana
O homem congelado pela distância pétrea do medo
Deixou vazio o vão entre seus braços

Na vastidão do deserto humano
A mãe olhava o filho faminto
Sobre o leito de sua face sofrida
A lágrima da dor/amor escorria

O louco, gritando, entrou jardim a dentro
Suor e calor de sua pele saia
Assustada a criança chorou
E dos peitos murchos o leite jorrou

Sustos e soluços, gemidos e dor
O louco em seus braços, a solidão levou
E um sopro de coragem a todos deixou
Partiu gritando em alto e bom som

Homens, coragem vivei no amor!
Kintana
Enviado por Kintana em 23/10/2007
Código do texto: T706868

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kintana
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 54 anos
8 textos (459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:07)
Kintana