Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEDENTA DE AMOR

SEDENTA

A sede seca-me a garganta.
-Por favor...
Sirva-me um copo de vida.

LuciAne


&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&
 
SEDENTA// DE AMOR


A ausência de teus beijos
SEDE imensurável de ti
SECA-ME as entranhas, os desejos,
Adormecidos em mim...
GARGANTA...Infértil fonte de meus ais
-POR FAVOR...Dá-me de novo a fala do amor
SIRVA-ME a essência de teu ser
...UM cadinho de esperança,
...COPO supremo deste líquido para ser feliz,
DE estar contigo e compartilhar
VIDA. Devolva-me teu amor!

LuciAne//Denise Severgnini



POESIA SUBLIMINAR/FÓRUM DO RL
Denise,obrigada pelo carinho da parceria,adorei!
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 24/10/2007
Código do texto: T707385

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60414 leituras)
47 áudios (3088 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 15:19)
Luciane Lopes