Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De repente!

De repente    o medo,
O desejo,
O ensejo.

De repente a ronda,
Quase longa,
Enfadonha.

De repente a morte
Consorte
Forte.

De repente o luto
Impoluto
Quase absoluto.

De repente  a dor
Momento aterrador.
De repente a vida,
Relíquia atrevida.
De repente o amor
Cheio de ardor.

De repente a luz
Nestes corpos nus
Facho que seduz.

De repente
Não mais que
De repente!

Fátima Mota – dez/98
FATIMA MOTA
Enviado por FATIMA MOTA em 24/10/2007
Código do texto: T707494

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fatima Mota ou FMott@). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
FATIMA MOTA
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1347 textos (98189 leituras)
7 e-livros (425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 20:52)
FATIMA MOTA