Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

C H O R A N D O

Teu corpo é graça
não vejo outro
senão o teu.
Não importa a raça
este corpo é meu.

Fico na vigilia
enquanto, dormes
neste mundo
ao peito deste guia
ancestral ( sonhes ) profundo.

Pra quando acordares
e olhares .....
Sintas meu coração aberto
como se estivesses ao mar
mas, não me deixes deserto.

Quando puderes
lembres que estou por um fio
no teu seio.
Estou a beira deste rio,
onde o cântaro esta cheio.

Cântaro de amor
sem males,
vejo que ris
pelos vales,
verdes dos meus pastoris.

Doce criança,
belo dia,
como anjo ao leito.
Sonhas junto a cotovia
presa a meu peito.

Não vejo nada mais puro,
que tu !
Doce jasmim.
Tão sozinha neste escuro
lábios de carmim.

Olhar tua face
ao reflexo da lua,
embebido me torno.

Teus lábios
fico cheio de esperança
lágrimas precipitam-se.

Tenho sentido tuas mãos
carícias minhas.
Que por certo, bem sei !
É sonho ......
Com certeza
são nossos caminhos d´amor.

Quantas vezes
nós que amamos
nos deixamos
ficar a distância.

Como rosas
que esperam seus momentos
de serem acariciadas e amadas.



Do Manuscrito: Segredos por uma rosa.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 24/10/2007
Código do texto: T707655
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (122342 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 10:43)
tabayara sol e sul