Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade

A saudade chegou e parou
no abstrato conceito
no pulsar agitado da mente
daquilo que vai no peito.

Do peito onde jorra a vida
as lembranças
o calor e a emoção
que marcam o passo e o compasso
das batidas do coração.

De um coração que ama
da poesia, o amor !!!
que chora
que ri
e reclama
dos sentimentos de dor.

Dor sentida no peito
na perda do amor querido
que foi levado ao vento
nas asas do tempo
deixando o coração ferido.

Ferido de morte ...
deixado à própria sorte
sem rumo e sem caminho
destruiu a esperança do amor
acabou com a essência da flor
trouxe a saudade e a dor
restando somente a tristeza
o caule e um monte de espinhos.

Autor: Aurélio Patrão 06/09/07
Aurélio Enes Patrão
Enviado por Aurélio Enes Patrão em 25/10/2007
Código do texto: T709368
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aurélio Enes Patrão
Brasília - Distrito Federal - Brasil
766 textos (58015 leituras)
15 e-livros (3925 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/17 11:51)
Aurélio Enes Patrão