Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLOCO DE NEVE

Tinha uns quatro para cinco anos de idade,
quando colocou a mãozinha miúda para fora da janela e sentiu o floco de neve.
Suave, caindo do céu, como algodão branco, igual à barba de Papai Noel.
Isso foi há muitos anos atrás, na região do minho, em Portugal.
Que belo país, velho mundo, um suspirar profundo, por aquela terra natal.
Gente boa, gente amiga, que a todos intriga, pela felicidade no rosto,
pelo modo de falar, pelo jeito de amar.
A neve é a precipitação de cristais de gelo,
em geral de forma hexagonal e intricadamente ramificados,
e por vezes aglomerados em flocos,
formados diretamente pelo congelamento do vapor de água
que se encontra em suspensão no ar atmosférico.
É um espetáculo da natureza,
que amolece a dureza, da pessoa sofrida,
do coração e da vida.
É a presença de Deus, o nosso Pai Celeste,
que através do frio da neve,
quebra o gelo do homem,
que como criança,
lança a mão à janela,
prá pegar aquela,
neve branca.
Um floco,
Um bloco ...
Prá escrever a história da vida,
que Deus criou para nós.

Autor: Aurélio Patrão
Aurélio Enes Patrão
Enviado por Aurélio Enes Patrão em 26/10/2007
Código do texto: T710480
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aurélio Enes Patrão
Brasília - Distrito Federal - Brasil
767 textos (58121 leituras)
15 e-livros (3927 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 23:50)
Aurélio Enes Patrão