Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POR AMAR-TE TANTO...






Ó, meu amor...
Por amar-te tanto,
Vivo a navegar nas pétalas das estrelas,
A voar nas asas da lua minguante.
Em toda esquina eu visito o sol,
E do recôncavo de meu ser avisto
os mares.
E, você bem sabe que sou capaz,
De roubar as cores do arco-íris para ofertar-te.
E, por amar-te tanto; o teu amor move,
O meu universo, a minha catedral e as
minhas pedras.
E por ti perco todos os sentidos, as minhas chaves,
o meu quintal.
E por querer-te tanto enxergo a tua cara na maresia
Na luz do dia e nas pérolas azuis.
E então devo-te o meu frenesi.
A minha espécie macho-fêmea, a minha porção
super-homem.
Tudo é real... tudo é amor,
Tudo é luz.

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 26/10/2007
Código do texto: T710737
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
ALBERTO ARAÚJO
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
3135 textos (158882 leituras)
33 áudios (3215 audições)
35 e-livros (6651 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 04:36)
ALBERTO ARAÚJO

Site do Escritor