Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vem que ainda sou teu...

Não se conta mais, as horas nem os dias
Já foi longe demais, ficar sem tua alegria
Disso tenho certeza, fui eu quem sofreu
Não quero tristeza, vem que ainda sou teu

Dos sonhos só quero, a pura mais emoção
Meu desejo sincero, e te ter como inspiração
Repara nesta condição, o amor aconteceu
Esquece a razão... vem que ainda sou teu

Já nem noto o estio, quero é tua paixão
Mentir não é meu feitio, sou todo coração
Deixa tudo de lado... olha, sou apenas eu
Gritando alucinado... vem que ainda sou teu

Quero te sentir, abraçar e beijar feito louco
Não quero resistir, não me contento com pouco
Quero sentir o braço, que um dia me acolheu
E preencher teu espaço... vem que ainda sou teu


Marcelo Scot
Enviado por Marcelo Scot em 26/10/2007
Reeditado em 26/10/2007
Código do texto: T711103

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Scot
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
391 textos (37518 leituras)
9 áudios (1478 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 10:20)
Marcelo Scot