Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Delícia

TÍTULO: DELÍCIA / 1987

EI ! QUE SABOR TU TENS !
NESTA IMENSIDÃO QUE REPRESENTAS
TÃO PASSIVO E TÃO MANEIRO
MAS, TANTAS VEZES TRAIÇOEIRO?

TUAS DIVERSAS LINDAS CORES
TONALIDADES QUE SEGUEM OS VENTOS
AFOGANDO QUALQUER LAMENTO
NUMA SOLIDÃO SEM SOFRIMENTO.

INSPIRADOR DE TANTOS DESEJOS
NAQUELA MENINA ME FIZESTE PENSAR
E NO DESENROLAR DE TUAS ONDAS
AGORA ME FAZES AMAR.

AQUELA CALDA DE ESPUMA CRISTALINA,
ME FASCINA COMO SE FOSSE UM VÉU
E NUM DELÍRIO DE AMOR, VEJO TUA COR
REFLETIDA NUMA ESTRELA DO CÉU

NA AREIA QUE À TUA FRENTE EU SENTO
VEM UM VENTO FORTE A SOPRAR
E NO SAL QUE EM MEU ROSTO RESTA
SEMPRE ,SEMPRE VOU TE AMAR, MAR.

                                                                           DUDA GÓES

Duda Góes
Enviado por Duda Góes em 27/10/2007
Código do texto: T711787

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Duda Góes
Olinda - Pernambuco - Brasil, 53 anos
104 textos (1970 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 00:24)
Duda Góes