Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sombras Tremulas..





Na lúdica manhã onde senti
Teu zelo,este teu gritinho
Dengoso,sabor de sal, gosto
De amor novo.

Lembro dos mosaicos em cores
Onde os prismas coloridos projetam
Nossas sombras,fragmentadas e tremulas

Moldando-nos em esfinges de deuses profanos
Cantei minha poesia na noite exótica, onde beijei
Tua flor de véu escarlate.

Tremia o corpo na loucura da cor de âmbar
Na luminosidade cadenciada do ventre.
Teus olhos de mulher amante, sorriam
Profundos no liquido vertente final
demetrioluzartes
Enviado por demetrioluzartes em 27/10/2007
Código do texto: T712815

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (demetrio luzart). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
demetrioluzartes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
980 textos (36577 leituras)
12 áudios (774 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 22:16)
demetrioluzartes