Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0523 - Qualquer dia me fale do teu amor




Amanhã não sei se terei teu amor,
hoje tenho certeza,
declaro a qualquer hora,
também que meu corpo vai morrer,
então levarei quase tudo,
a paixão fica, entre um e outro mundo.



Renascerei um dia noutro corpo,
tornarei de novo amor,
talvez  ainda o teu, o meu, o nosso,
até que um dia volte a nos reconhecer,
voltarei a te tomar com força,
até então te amarei nas minhas memórias.



Hoje, depois de fazer amor, parei por um instante,
fixei meus olhos nos teus,
não tive dúvidas que existe um sentimento maior,
tudo que tenho está exposto,
nestes olhos, nestes corpos sobre a cama,
nas razões que não sabemos explicar...



Nego-me a pensar no amanhã da vida,
quero hoje, hoje e hoje,
minhas declarações vazias têm alguma culpa,
o medo de ir e não saber voltar,
de fazer a viagem que separa a carne da carne,
até que um dia, até que nosso amor reencontre.



14/11/2005

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 14/11/2005
Código do texto: T71293
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116243 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:24)
Caio Lucas