Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Velejar

Amo-te!
Como não hei de amar-te?
Amo-te!
Como se fora a última vez,
O último dia.

Amo-te!
Com toda a intensidade do meu ser.
Amo teu sorriso,
teu olhar,
Teu jeito de falar,
E até mesmo de silenciar.

Amo como te portas,
Como te vestes,
Teu jeito de lidar,
E até mesmo o teu caminhar.

Quantas vezes pus-me a te assistir,
Na beleza do teu sono,
Apenas pelo prazer de te admirar.

Tentei não te querer.
Tentei não te desejar.
Mas de que vale a vida,
Senão pelo prazer de amar?

Como bem dizes tu,
A vida sem amor,
É como um barco à vela,
Num mar sem vento.

Então vem!
vem amar!
Vamos, ao sabor dos ventos,
VELEJAR!

(A ti Mary Pollyana, alma gêmea de minha alma)
Marlon Oliveira
Enviado por Marlon Oliveira em 30/10/2007
Código do texto: T716047

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marlon Oliveira
Imperatriz - Maranhão - Brasil, 44 anos
23 textos (1255 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:22)
Marlon Oliveira