Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GIGANTE

É tão bonito quando dormes,
Que fico a vida a ti olhar,
Não sei se estáis a sorrir,
Não sei se estáis a sonhar;
Só sei que teu corpo cansado,
Repousa sob meus olhos ateus,
E teus olhinhos fechados,
Deixam abertos os meus;
Não sou eu que sou teu anjo,
Não sou eu teu protetor,
Pois é teu sono cansado,
Que protege o meu amor,
As noites brilham de estrelas,
No calor do teu descanso,
E eu que não canso de vê-las,
Passo insone em teu remanso;
E pesso que chegue o dia,
De estar bem do teu lado,
Pois a minha alegria,
Dorme em teu dormir sagrado.
Fernanda Valencise
Enviado por Fernanda Valencise em 30/10/2007
Reeditado em 30/10/2007
Código do texto: T716751

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernanda Valencise). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Valencise
Recife - Pernambuco - Brasil, 39 anos
100 textos (3030 leituras)
3 áudios (77 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 01:54)
Fernanda Valencise