Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACALENTANDO UM AMOR

Interessante ! Um dia ..... como outro qualquer
estava a meditar, sentado do jeito que meu bem me quer
Ah ! Por quantos sonhos sonhei;
vi e senti gostosuras que me é dado ....na verdade sonhei.....


Experimente ! Mesmo que você não me entenda
acredito que no fundo terás sensibilidade e que me compreendas.
Ah ! vejam só .... Vejam, o tempo que ganharemos.
Que fingimento, falar que sou feliz ..... que é isto na verdade ?


Se continuo estagnado a procura desta tal felicidade,
o pássaro que vejo ao alto, na minha frente
talvez tenha encontrado - o amor - tal seu  cantar mavioso, estridente
inconsequente, expõe-se a minha frente sem saber quem sou......


Na certa, vive feliz não importando a ele  se vou
maltratá-lo. Falar que sou feliz .....
Dizia entre tantas coisas a mim próprio,
que acostumei a amar minha consórcio.


Quando amar não era nada daquilo que me consome, me importa
como teu corpo neste estado tristonho, nada me conforta.
A tristeza adormece neste peito, pois, isto não interessa
sensibilidade verás .... mas, não com esta conversa.


Te amarei do jeitinho que você gosta.
Logo após, somente loucua, tormentos, pra mim andador.
Longo tempo mais a frente refaço sentidos.
estamos longe, amantes, infinitamente constrangidos.


Por um amor louco, vago, desinteressante
neste lindo sol de manhã penetrante
só porque outros nos possam
ver e condenar.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 31/10/2007
Código do texto: T717438
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (122365 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:03)
tabayara sol e sul