Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS MEUS DOIS AMORES

QUEM SABE AMANHÃ EU ESTEJA MORTO
SEM DIZER A ELA QUE A AMO
E PIOR QUE ISSO
SEM SABER SE SERIA CORRESPONDIDO
OQUE EVITARIA MINHA MORTE PREMATURA
O IDEAL SERIA
PODER TÊ-LA ESTANDO MORTO
POIS SÃO MEUS DOIS AMORES
ELA E AMINHA MORTE

EU EM MEU CAIXÃO
É COMO ELA NUA EM MINHA CAMA
A VELA DO ENTERRO
É A MESMA DO JANTAR A LUZ DE VELAS
A CERTIDÃO DE CASAMENTO
E O ATESTADO DE ÓBITO.
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 15/11/2005
Código do texto: T71799
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:16)
pedro carmo