Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR BANDIDO

AMOR BANDIDO

Amor louco aMOR,
tonteou meu coração,
abalou as estruturas
fez de mim
uma única criatura
de apologias as magias
que se refletem num espelho de uma vida.

Amor louco.
Paixão de doido,
De tudo,
fiz pouco
pois por ti,
deveria ter feito mais,
mas, não me culpo
o coração engana,
a cabeça pensa,
e o sangue ferve
nas entranhas...

Loucuras de ti,
Doideiras de nós.
Fomos e somos,
de tudo um pouco,
corpos sedentos
e amados.
Somos carne da mesma carne,
somos unha e dente
somos gente
que ama e sofre,
que sofre e ama e
que ama sem penar;
Um amor
sem ou com  pecados,
único,
pra nós.
Autoria Mônica Bynot
Favor ao copiar, reenviar, colocar autoria. Obrigada.
Mônica Bynot
Enviado por Mônica Bynot em 31/10/2007
Código do texto: T718084

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônica Bynot
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1517 textos (102845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:36)
Mônica Bynot