Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Cego

Poema Cego

Teu sorriso, um encanto,
Tua face, o infinito,
O teu olhar, a busca,
Uma razão, um encontro.

No teu corpo esculpido,
Um desejo quase que injusto,
A esperança de ser vivida,
Uma cumplicidade quase absurda.

Carlos Marinho
Novembro 2007
Carlos Marinho
Enviado por Carlos Marinho em 01/11/2007
Código do texto: T719265
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Marinho
Olinda - Pernambuco - Brasil, 67 anos
63 textos (4094 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:38)
Carlos Marinho