Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARREGAR-LHE-EI CRAVADA NA MINHA ALMA

Sob o luar da lua cheia
esbaldei-me em seus beijos e caricias,
amei seu delicioso cheiro
que se manteve grudado
em meu corpo,
agora, deitado, te desejo aqui do meu lado,
sob o luar dessa linda lua cheia!

Quero ficar grudado a você,
entrelaçando-nos, acariciando, amando,
beijando, lambendo, chupando...
até o luar desaparecer
e um novo dia amanhecer,
adorei ter conhecido você
sob o luar dessa linda lua cheia

que naquela noite
só não se manteve mais linda
perante sua beleza!
mulher, com jeito e afeição de menina,
que me cativou e espero que me cative
e cultive em seu colchão,
Coração!

até o fim de meus dias,
carregar-lhe-ei cravada na minha alma,
para que um dia após a morte,
esses nossos momentos venham a
ser relembrados e vivenciados,
talvez,
sobre risos e choros,

no céu, inferno ou nesse
nosso imenso universo,
ainda daremos risadas e faremos até piadas
dessa novela,
que por ventura venha a ser encerrada
esperando ser julgada, assim
carregar-lhe-ei cravada na minha alma,
minha AMADA.
Diego Moreira
Enviado por Diego Moreira em 02/11/2007
Reeditado em 23/02/2010
Código do texto: T719958
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Moreira
Motuca - São Paulo - Brasil, 31 anos
118 textos (8418 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 17:55)
Diego Moreira