Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

não te amo, mas te amando

Der repente à música não tem mais sentido
A minha apatia voltou
Não vejo o brotar das flores
Volto a ser rabugento aos poucos

Meu coração volta a desbotar
Minha feição voltou ao normal
Começo a ficar são
Perdi meu brilho no olhar

Não vou te mandar flores
Não vou mais ao parque com você
Não irei escutar mais suas histórias
E nem dar-lhe conselhos

Não tente me entender
Porque sou assim mesmo
Você é ainda aquela mulher fabulosa
Faço tudo isso
Porque não te amo, mas te amando.

autor:(Almeida e santos)
Almeida e santos
Enviado por Almeida e santos em 02/11/2007
Reeditado em 02/11/2007
Código do texto: T720660

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Almeida e santos
Belém - Pará - Brasil, 31 anos
52 textos (2043 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 10:18)
Almeida e santos