Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOTURNO - Pelo meu amor.

Escuto noturno de Chopin a paisano
é madrugada, melodia cândida desigual
é como um anjo minuano
que esteja em meu coração sentimental.


Verão, noite agradável neste gesto
espero o vir da manhã para a festa.
Quando volto o olhar surpreso  ? Muito modesto
ergo-me primeiro. Nada presta.


O vento transpassa-me celestial
sinto os dedos suaves ao piano
que harmonia ! O que não é habitual
0h Deus ! Qual será meu plano  ?


O vento fresco desabrocha em frangalho
como se fosse o canto da cotovia temporária.
O piano continua a melodia neste orvalho;
é o noturno de Chopin legendária.


A relva reverdejante dominical
está diante dos meus olhos alheio.
Paro ...... É madrugada inicial  ?
É manhã  ?  Nem mesmo sei se isto é um passeio.


Tange-me os ouvidos, e há um bloqueio ......
É a melodia, a harmonia do piano, ah droga !
É o noturno de Chopin, e não sei se veio ......
mas quem ? Olho a procura, estou só ..... Isto não voga ?
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 02/11/2007
Código do texto: T720933
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (122292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:33)
tabayara sol e sul