Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo Negro

De repente tudo mudou,
Estranho acontecimento!
Segredos não revelados,
Faces marcadas pelo tormento.
Eu quase sem querer,
Lentamente envolvida,
Numa teia cruel de decepções,
O sangue rola em forma de lágrima
Em minha face ferida.
Anjo Negro, eis o que me tornei,
Fico a vagar na escuridão,
Para saciar meus desejos
Ou sugar escondidas paixões.
Já não tenho nada a oferecer,
Minha taça é de veneno e fel
Sou capaz de matar em um beijo,
Ou escravizá-lo pelo prazer.
Vingança pedindo ao céu!
Mel L Frankust
Enviado por Mel L Frankust em 02/11/2007
Código do texto: T721086

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mel L Frankust
Goiânia - Goiás - Brasil
749 textos (34687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 10:42)
Mel L Frankust