Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO HÁ DESCULPA

Agora, não há como dizer que
não tivemos culpa, que
desconhecíamos as trincas existentes
no castelo de nossos sonhos.
 
Não há como esconder que
não percebíamos, que as
 estruturas vinham sendo
corroídas, e que nada fizemos.
 
Vamos deixar de lamentar se
naquilo que tentamos edificar, faltou
sentimento, vamos parar com este
desespero em tentar alçar o
que se encontra no chão .
 
Vamos ser realistas, hoje
nada temos em questão de amor,
danificamos o tesouro que
tínhamos e, para agravar,
os algozes riram satisfeitos com os resultados.
 
Se não estou errado, no
cômputo geral, o nosso saldo
foi registrado como negativo, assim,
acabamos perdendo muitos bens
neste investimento.
 


 
 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 




 
Wil
Enviado por Wil em 03/11/2007
Código do texto: T722064
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2729 textos (85954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 02:54)
Wil