Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Piedade, teu nome é covardia

Piedade, teu nome é covardia
setembro 2007
MEY MEY

Teu rosto ficou marcado
Naquela mão
Inchada e covarde
Que expulsa
Do teu perdão

Caiu na desonra
Ao te ferir a identidade

És um vil amor
Que desama ...
Ainda assim, esperas
Amas a louca mulher chamada Piedade
Mulher que fere e lacera

Se abraçou à vergonha
Que não tinha
Quis morrer por companhia
Pediu tua compaixão
Teve perdão por fidalguia

Mereces a paz do amor
A casa limpa e doce...
Cama feita  e a ceia que te espera

Mulher sem índole e sem caráter
Essa tal de Piedade
É  rua suja e mundana
e, como ela, emporcalha
e humilha esse amor

Essas células
Se encontraram
Se dividiram.
Não se expandiram
O paraíso as jogou nas valas
E Piedade te preferiu
Se ensaboar na lama
Meyre Carvalho MEY MEY
Enviado por Meyre Carvalho MEY MEY em 04/11/2007
Código do texto: T722471
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meyre Carvalho MEY MEY
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 54 anos
188 textos (7461 leituras)
2 áudios (166 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:04)
Meyre Carvalho MEY MEY