Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHO IMPOSSÍVEL


Inútil a pretensão de minh'alma sofrida,
Esperança que perdi no horizonte da vida,
Razão que me tortura e me deixa ferida,
A sublimidade em te amar e ver-te perdida.

Por que nascestes para mim proibida?!
Por que minh'alma por tu'alma, amiga?!
Por que tanta luta por uma lide vencida?!
Por que amar se não te tenho na vida?!

Das tantas mulheres foste a preferida.
Se eu te amo, tu não me amas...é a vida!
Em nome do amor, proclamo-te, querida:

Musa que me inspira, que me dá guarida,
Deusa dos meus versos, sol da minha vida,
Meu universo, minha canção preferida.
Riva. 032
Rivadávia Leite
Enviado por Rivadávia Leite em 16/11/2005
Código do texto: T72249
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rivadávia Leite
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil
222 textos (4404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:36)
Rivadávia Leite