Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

simetrias de amor

Eu sei que isso não é parte de mim
a tua vida já me contou teu destino
por favor, siga sem mim
Você não precisa mais dos nossos esboços
as nossas simetrias já foram traçadas.

E daqui a pouco,
eu serei só uma lágrima
eu serei o que ficou pra trás
eu serei o sonho que acordou
eu serei um sorriso suave
eu serei um sinônimo de adeus.

Mas...
Cada passo que você der pra longe de mim,
será como um abraço forte de abandono
porque o amor é uma chuva que não acaba
cada gota que cai não evapora,
e não ilumina nada.

Eu nem mantenho meus pés sem teu chão,
que te chove, me chove, e nos chove amor
eu vejo o futuro inteiro,
sem mim eu vejo teus sonhos realizados.

Tudo o que eu perco sem você é minha vida,
você comigo não ganha nada.

São meus braços que te tocam invisíveis
eu pressinto o amor que o futuro surpreende,
com meu corpo, sem minha essência
não sou eu que vive,
caso não entendas.

Nem todos os amores terminam felizes,
adeus.
adeus.
eu morro,
o que eu sinto sobrevive.

Você pode imaginar sua vida comigo?

O fim nos alcança
mesmo que tentemos fugir
aqui são palavras...
que eu não digo e choro.

Quero sorrir porque te deixo partir.
O amor é o que esperam os apaixonados,
o amor é quando o corpo escolhe ser poeta
o que inspira:
são os lábios que nunca se tocam,
e que no fundo dos olhos o coração dispara.

Porque tanta entrega
é um elogio ao amor.

Pra alguém ver-te e chorar,
não por não poder amar,
mas por sentir a alma rouca
por doer tanto este abismo
quando a gente cai e se espera que não seja infindo,
ainda que tremam os sentidos
ou que acabe o medo.

O mais lindo amor é tão doce, que fugindo
nada se encontra
eu te deixo surgir,
só nas minhas lembranças.

seja feliz!
um anjo, minha criança
que mil vezes será eterno, longe ou perto,
eu te amarei




brenda
Enviado por brenda em 04/11/2007
Código do texto: T722568

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
brenda
Belém - Pará - Brasil, 24 anos
233 textos (52435 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 10:15)
brenda