Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor até na sarjeta

Amor até na sarjeta.
De Iolanda Brazao


Ai este amor me mata
Atormenta-me
E ao mesmo trás
Uma felicidade imensa

Amo-te demais
Parece até mentira
Mas te quero
Com toda minha ira

Ser tua
Envolver-me por completo
Sentir o teu corpo
Colado, macio, perfeito!
Quero-te com ou sem defeito

Nada me importa
Passado, presente, futuro
O que me interessa mesmo
É te amar com toda loucura

Do tempo
Da hora
Do lugar
O que eu quero mesmo
É poder te amar
Cair, rolar, vibrar!

Seja onde for
Seja onde seja
Mesmo que este lugar
Seja até mesmo a sarjeta

O que eu quero mesmo
É ser tua
No céu, no mar
Na terra e na lua.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 16/11/2005
Código do texto: T72382

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32021 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:08)
Iolanda Brazão