Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chega de aspirinas!

A que ponto chegamos?
Nos amamos, mas não nos temos!
Moramos na mesma casa, mas não nos vemos!
Sonho com seus beijos, com seu corpo tocando o meu, com seu calor em mim...
Como se fosse uma adolescente sofrendo de um amor platônico, que nunca se concretizará.

Por que sempre somos obrigados a nos anular dessa maneira?
A minha prioridade é você!

Já sei! Vamos nos mudar!
Uma casa simples, praia deserta, estrelas, a lua como cúmplice do nosso amor...
Som de grilos embalando o nosso sono, após de ter participado da sonoplastia resultante de nossos corpos em transe.

Chega!
Chega de reuniões, trânsito, mau humor, aspirinas, passifloras, telefone, e-mails..!
Chega!

Ficar com você somente é a cura que preciso.

Eu te amo!
E não quero ficar sem você, mesmo já estando.
karem p de camargo
Enviado por karem p de camargo em 05/11/2007
Código do texto: T724358

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
karem p de camargo
Santo André - São Paulo - Brasil, 39 anos
72 textos (12925 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:47)
karem p de camargo