Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARA

Eu quero um amor que seja a minha cara
Eu quero é ver a cara do meu amor
Onde está minha cara
O amor que pra mim foi feito?

De cara lavada ou de qualquer jeito
Eu quero um amor
Exatamente a minha cara
Até nos defeitos

Não tenho orgulho
Vergonha ou pudor
É caro meu caro
O preço do amor

Mas pago a mais alta quantia pra
Ter o prazer de ver
Minha cara
Chegando, enfim, pra junto de mim
Esse amor esperado
Não sei se escondido ou guardado

Um amor a minha cara
Eleito, marcado
Sem razão ou pecado
Um amor inventado
Retalhos de mim.

 Analúcia azevedo. 25.07.2005
Analúcia Azevedo
Enviado por Analúcia Azevedo em 06/11/2007
Reeditado em 19/09/2010
Código do texto: T725195
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Analúcia Azevedo
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 43 anos
127 textos (12369 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 07:36)
Analúcia Azevedo