Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fisgado


Fisgado

Perdido na maciez de teus cabelos, navego, nas ondas de meus pensamentos, discorrendo nos traços marcados pelo descompasso de fios.
Rumo forte,
leme fixo,
 navego nas paixões que despertasse nesse marujo matuto.
Escravo do canto da Iara e sem resistência me entrego ao que se descortina no mundo das paixões.
Meu leme treme ao aportar na segurança
de teu porto.
Fugir já não há como, fui fisgado, pela âncora da paixão e envolvido pelas
artimanhas do amor.
Como navegar em água turbulentas, se
estou preso aos encantos da sereia.
Sereia realize o último pedido
desse pescador.
Me deixe navegar uma vez mais
nas crespas ondas de tua Mestra,
voltarei para ficar a teu lado, depois
dessa aventura.

Paulo Mello
12.10.07
 
Paulo Mello
Enviado por Paulo Mello em 06/11/2007
Código do texto: T725288
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Mello
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 63 anos
446 textos (11382 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 17:57)
Paulo Mello